HOME TLAXCALA
a rede de tradutores pela diversidade lingüística
MANIFESTO DE TLAXCALA  QUEM SOMOS ?  OS AMIGOS DE TLAXCALA   PESQUISAR 

AO SUL DA FRONTEIRA (América Latina e Caribe)
IMPÉRIO (Questões globais)
TERRA DE CANAà(Palestina, Israel, Líbano)
UMMA (Mundo árabe, Islã)
NO VENTRE DA BALEIA (Ativismo nas metrópoles imperialistas)
PAZ E GUERRA (USA, UE, OTAN)
MÃE AFRICA (Continente africano, Oceano índico)

ZONA DOS TUFÕES  (Ásia, Pacífico)
KOM K DE KALVELLIDO (Diário de um cartunista proletário)
TEMPESTADE CEREBRAL  (Cultura, Comunicação)
OS INCLASSIFICADOS 
CRÔNICAS TLAXCALTECAS 
O FICHÁRIO DE TLAXCALA  (Glossários, dicionários, fichários)
BIBLIOTECA DE AUTORES 
GALERIA 
OS ARQUIVOS DE TLAXCALA  

19/01/2020
Español Français English Deutsch Português Italiano Català
عربي Svenska فارسی Ελληνικά русски TAMAZIGHT OTHER LANGUAGES
 

Atenea  ACEVEDO


http://my.opera.com/mujerypalabra/blog/


Atenea nasceu e vive no mundo que é a Cidade do México, e todas as suas recordações estão invariavelmente vinculadas às palavras. É licenciada em relações internacionais, especializada em estudos da Europa Central, diplomada em interpretação e tradução Inglês/Espanhol, e diplomada em relações de género e equidade entre homens e mulheres. Trabalhou três anos no Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, foi professora de história universal, política mundial contemporânea, organismos internacionais e geopolítica e ministra workshops de escrita criativa e reflexão feminista para mulheres e homens. Tem oito anos de experiência como tradutora e intérprete independente com ênfase em temas vinculados ao feminismo e ao género, às relações internacionais, ao meio ambiente, às ciências política e às finanças. Teve o privilégio de interpretar em conferências de personalidades como Herb Cohen, Klaus Toepfer, Baron Wolman, Marta Lamas, Gustavo Esteva e Dom Samuel Ruiz. O seu portfólio incluí trabalhos de tradução para instituições como a Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales (Flacso), o Centro de Investigación y Docencia Económicas (CIDE), o Centro de Estudios Monetarios Latinoamericanos (CEMLA), o Centro de Investigaciones y Estudios Superiores en Antropología Social (CIESAS), a Fundación Ford, o Consejo Nacional para la Cultura y las Artes (Conaculta), a Organização das Nações Unidas (ONU), a Oficina de la Superintendencia de Instituciones Financieras de Canadá (OSFI) e a consultora ambiental canadense FiveWinds International, para além de organizações não governamentais e do sector privado.

Atenea encontrou na tradução e na interpretação os meios idóneos para estruturar o seu activismo pelos direitos humanos, a equidade de género e a mudança social.

Deu voz a grupos tais como as Madres de las Muertas de Juárez, o Movimento dos Sem Terra e a Coordinación de Apoyo al Pueblo Saharaui. Pertence à rede de intérpretes voluntários Babels e faz parte da equipa fundadora de Babels México. Participou no Foro Social Mundial e coordenou o voluntariado de intérpretes nos workshops “Mulheres e globalização” e “Outro mundo é necessário”, organizado pelo Centro para la Justicia Global. Participou como oradora convidada na Quarta Conferência de Tradutores e Intérpretes organizado por ProZ.com em Buenos Aires, Argentina, com o tema “Tradução e género”, e como oradora convidada na Conferencia Interpreta2007 organizada por José Luis Villanueva Senchuk e Lucille Barnes em Julho de 2007 em Buenos Aires, Argentina, com o tema “Activismo e interpretação”.

Confessa-se escritora com pudor e feminista descarada.

Viajou a 24 países e viveu no México, Estados Unidos da América e República Checa.

 

Artigos de Atenea Acevedo traduzidos para português em Tlaxcala


 
 
 IMPRIMIR IMPRIMIR 

 ENVIAR ESTA PÁGINA ENVIAR ESTA PÁGINA

 
VOLVERVOLVER 

 tlaxcala@tlaxcala.es

HORA DE PARÍSI  3:56