HOME TLAXCALA
a rede de tradutores pela diversidade lingüística
MANIFESTO DE TLAXCALA  QUEM SOMOS ?  OS AMIGOS DE TLAXCALA   PESQUISAR 

AO SUL DA FRONTEIRA (América Latina e Caribe)
IMPÉRIO (Questões globais)
TERRA DE CANAà(Palestina, Israel, Líbano)
UMMA (Mundo árabe, Islã)
NO VENTRE DA BALEIA (Ativismo nas metrópoles imperialistas)
PAZ E GUERRA (USA, UE, OTAN)
MÃE AFRICA (Continente africano, Oceano índico)

ZONA DOS TUFÕES  (Ásia, Pacífico)
KOM K DE KALVELLIDO (Diário de um cartunista proletário)
TEMPESTADE CEREBRAL  (Cultura, Comunicação)
OS INCLASSIFICADOS 
CRÔNICAS TLAXCALTECAS 
O FICHÁRIO DE TLAXCALA  (Glossários, dicionários, fichários)
BIBLIOTECA DE AUTORES 
GALERIA 
OS ARQUIVOS DE TLAXCALA  

22/10/2017
Español Français English Deutsch Português Italiano Català
عربي Svenska فارسی Ελληνικά русски TAMAZIGHT OTHER LANGUAGES
 

José Mujica, um presidenciável uruguaio sem gravata


AUTOR:   Prensa Latina


Montevideo, 23 out (Prensa Latina) - Um graffiti desenhado em um muro desta capital diz: "Alerta Uruguai: vem um presidente sem gravata", em alusão a José Mujica, candidato presidencial pela governamental Frente Ampla (FA).

  De 75 anos, Mujica foi um dos fundadores do Movimento de Libertação Nacional (MLN) Tupamaros, que operou no Uruguai nos anos 1960-1970.

Por essa atividade foi preso, passou 14 anos detido em diversas unidades militares e fez parte do grupo de líderes do MLN conhecidos como "os reféns", entre os quais se encontrava o líder e fundador dessa guerrilha, Raúl Sendic.

Depois da volta à democracia no Uruguai, sai em liberdade em 1985 beneficiado por uma anistia a presos políticos.

Depois de vários anos da abertura democrática, cria, junto com outros referentes do MLN, o Movimento de Participação Popular (MPP) dentro da Frente Ampla.

Mujica foi eleito deputado nas eleições de 1994 e senador em 1999. Nas eleições de 2004 foi o legislador com maior quantidade de votos, cargo a que renunciou ao ser designado ministro de Pecuária, Agricultura e Pesca em março de 2005.

Abandona esse ministério no dia 3 de março do 2008 e regressa a sua banca no Senado.

O Congresso Extraordinário da FA em dezembro de 2008 proclamou-o como candidato oficial da coalizão de esquerda para apresentar-se às eleições internas de 2009.

Ali foi eleito candidato à presidência dessa organização às eleições deste ano, que se desenvolverão no próximo domingo 25 de outubro.

Conhecido entre próprios e adversários como "o Pepe", está casado com a senadora Luzia Topolansky e não tem filhos.

Uma linguagem campechano, aberto, desprovido de retórica, cheia de termos populares e com frequentes frases imprevisíveis constituem traços que extasiam a uns e geram a rejeição de outros.

No momento de definir a forma que ia entrar na disputa eleitoral deste ano, Mujica advertiu que "a democracia começa na orelha, escutando a todo mundo".

O candidato falou na cerimônia de fechamento de campanha da FA, desenvolvida na última quarta-feira das correntes na capitalina Avenida 18 de Julho. "Estamos a poucas horas de demonstrar que a Frente Ampla é a força política e central deste país e o é por direito justo, porque tem o máximo apoio das massas no Uruguai", destacou.

E em outra parte de sua intervenção e com seu típico dizer de massas enfatizou: "a eleição não a ganha o Pepe nem a fórmula (presidencial) a ganha vocês, a ganha a Frente (Ampla)".

Ainda que a FA mantenha a maior preferência dos eleitores, os últimas pesquisas refletem uma intenção de voto em média de 46 por cento, insuficiente para triunfar no primeiro turno, ainda que os interrogados situem Mujica como ganhador final.

lgo/wap/bj


Fonte: Prensa Latina

Artigo original publicado em 23/10/2009


Sobre o autor

Tlaxcala é a rede de tradutores pela diversidade lingüística. Este artigo pode ser reproduzido livremente na condição de que sua integridade seja respeitada, bem como a menção ao autor e à fonte.

URL deste artigo em Tlaxcala:
http://www.tlaxcala.es/pp.asp?reference=9070&lg=po

  



AO SUL DA FRONTEIRA: 24/10/2009

 
 IMPRIMIR IMPRIMIR 

 ENVIAR ESTA PÁGINA ENVIAR ESTA PÁGINA

 
VOLVERVOLVER 

 tlaxcala@tlaxcala.es

HORA DE PARÍSI  10:20