HOME TLAXCALA
a rede de tradutores pela diversidade lingüística
MANIFESTO DE TLAXCALA  QUEM SOMOS ?  OS AMIGOS DE TLAXCALA   PESQUISAR 

AO SUL DA FRONTEIRA (América Latina e Caribe)
IMPÉRIO (Questões globais)
TERRA DE CANAà(Palestina, Israel, Líbano)
UMMA (Mundo árabe, Islã)
NO VENTRE DA BALEIA (Ativismo nas metrópoles imperialistas)
PAZ E GUERRA (USA, UE, OTAN)
MÃE AFRICA (Continente africano, Oceano índico)

ZONA DOS TUFÕES  (Ásia, Pacífico)
KOM K DE KALVELLIDO (Diário de um cartunista proletário)
TEMPESTADE CEREBRAL  (Cultura, Comunicação)
OS INCLASSIFICADOS 
CRÔNICAS TLAXCALTECAS 
O FICHÁRIO DE TLAXCALA  (Glossários, dicionários, fichários)
BIBLIOTECA DE AUTORES 
GALERIA 
OS ARQUIVOS DE TLAXCALA  

29/10/2020
Español Français English Deutsch Português Italiano Català
عربي Svenska فارسی Ελληνικά русски TAMAZIGHT OTHER LANGUAGES
 
Edição multilingüe mundial exclusiva de uma peça de teatro de James Petras

Fantasmas e renegados, drama teatral em três atos


AUTOR:  James Petras, 1º de maio de 2007

Traduzido por  Apresentado por Manuel Talens, traduzido por por Omar L. de Barros Filho e ilustrado por Ben Heine


 Hoje, 1° de maio de 2007, Dia Mundial do Trabalho, nós, tradutores multilíngües de Rebelión e Tlaxcala, publicamos um projeto coletivo que oferece esta peça de teatro do sociólogo James Petras a leitores de sete idiomas distintos do original, o inglês. O texto que se segue é a apresentação que acompanha o projeto, escrita pelo editor do mesmo, Manuel Talens. Os leitores podem clicar ao final desta página para descarregar a versão que desejem de Fantasmas e renegados em pdf.

Apresentação

 

James Petras é um velho conhecido dos tradutores ativistas de Altahrir, Basta!, BenHeine-Cartoons, Cubadebate, PeacePalestine, Quibla, Rebelión, Tlaxcala e ViaPolítica. Seus textos são publicados regularmente nesses websites e neles denuncia sem descanso as contínuas tragédias que o capitalismo inflinge aos povos do planeta, seja no subcontinente latino-americano - a terra que mais ama - ou na Palestina, no Iraque, ou, como disse Che Guevara, em qualquer lugar do mundo onde se cometa uma injustiça.

Petras é, sem dúvida, o paradigma do “animal político” definido por Aristóteles em Política. Seus escritos, sempre banhados pela sociologia e o marxismo, não se limitam à análise ensaística da realidade, embora, com certa freqüência, ingressem no território da ficção. Comecei a me a relacionar com James Petras há alguns anos, através das traduções que fazia para o Espanhol dos artigos que ele enviava para Rebelión. Entetanto, somente tive um contato mais próximo e de verdade com ele quando, em 2004, me fez chegar uma série de contos para que, com eles, montasse um livro que serviria como presente aos nossos leitores de fala hispânica. Foi assim que nasceu La lengua del pueblo, publicado há três anos, também em 1º de maio, em 2004.

Fantasmas e renegados, a obra de teatro que agora você tem diante de seus olhos, leitor amigo, me chegou pelo correio eletrônico em princípios deste ano. Trata-se de um libelo devastador de Petras contra os antigos esquerdistas do passado recente, que hoje sucumbiram aos cantos de sereia do capital, traindo, assim, a todos aqueles que morreram pela causa da liberdade. Suponho que nosso autor se contentaria com que seus muitos amigos a traduzissem para alguns idiomas ou que, talvez, repetíssemos a feliz experiência de La lengua del pueblo, mas, nos três anos transcorridos desde 2004, muitas coisas mudaram no ativismo das esquerdas, entre elas o nascimento de Tlaxcala, a rede de tradutores pela diversidade lingüística, que agora torna possível uma coordenação multilingüística antes inimaginável. Propus a Petras, pois, uma edição multilíngüe e ele me respondeu entusiasmado com a idéia. Aqui está ela. 




Ilustração de capa de Fantasmas e renegados (Ben Heine)


Os sete tradutores envolvidos neste projeto esperam que a experiência se repita no futuro, e não só com James Petras, mas com outros autores importantes dispostos a doar sua obra sem intenção de lucro para o avanço da justiça, da fraternidade e da solidariedade no terrível mundo que temos como lar.

Madrid, abril de 2007



 Fantasmas y renegados (Edición bilingüe Inglés-Español), traduzido por Manuel Talens

 Fantasmes i renegats (Edició bilingüe Anglès-Català), traduzido por Àlex Tarradellas

 
Fantômes et rénegats (Édition bilingue Anglais-Français), traduzido por Fausto Giudice

 
Fantasmi e rinnegati (Edizione bilingue Inglese-Italiano), traduzido por Mary Rizzo

 
Fantasmas e renegados (Edição bilingüe Inglês-Português), traduzido por Omar L. Barros Filho

 Geister und Renegaten (Zweisprachige Ausgabe Englisch-Deutsch), traduzido por Isolda Bohler

  Spöken och renegater (Tvåspråkig version Engelska-Svenska), traduzido por Kristoffer Larsson


Manuel Talens, Àlex Tarradellas, Fausto Giudice, Mary Rizzo,  Omar L. de Barros Filho, Isolda Bohler, Kristoffer Larsson e Ben Heine são membros de Tlaxcala rede de tradutores pela diversidade lingüística. Heine, Talens and Tarradellas pertencem também a Cubadebate e Rebelión. Omar L. de Barros Filho é diretor de redação de ViaPoliticaURL desta página : http://www.tlaxcala.es/pp.asp?reference=2531&lg=po

Feliz Primeiro de Maio a todos !

                      


TEMPESTADE CEREBRAL : 01/05/2007

 
 IMPRIMIR IMPRIMIR 

 ENVIAR ESTA PÁGINA ENVIAR ESTA PÁGINA

 
VOLVERVOLVER 

 tlaxcala@tlaxcala.es

HORA DE PARÍSI  21:32